Atlético GO
ESPORTES

Atlético-GO 0 x 0 Goiás – Em jogo quente, o empate ficou de bom tamanho


Goiás Atlético-GO 0 x 0 Goiás – Em jogo quente, o empate ficou de bom tamanho

Em clássico quente, Atlético-GO e Goiás ficam no 0 a 0 , no jogo de ida das oitavas da Copa do Brasil

Times voltam a se enfrentar no dia 13 de julho, com mando do Goiás

Categorias: Grandes clubes do Brasil

Por: Agência Futebol Interior, 22/06/2022

Atlético-GO e Goiás empatam no jogo de ida das oitavas da Copa do Brasil Atlético-GO e Goiás empatam no jogo de ida das oitavas da Copa do Brasil (Foto: Heber Gomes/Atlético-GO)

Goiânia, GO, 22 (AFI) – A partida de ida entre Atlético-GO e Goiás pelas oitavas da Copa do Brasil terminou empatada em 0 a 0. No estádio Antônio Accioly, em Goiânia, os times fizeram um clássico quente na noite desta quarta-feira (22). Agora as equipes decidem a vaga no dia 13 de julho, com mando do Esmeraldino.

No primeiro clássico goiano na história da Copa do Brasil, as duas equipes fizeram um bom jogo, quente e o empate ficou de bom tamanho para as duas equipes, que tiveram muita disposição, mas pouca pontaria.

Como não existe critério de gol fora na competição, quem vencer garante a vaga para próxima fase. Em caso de novo empate, a classificação será decidida nos pênaltis.

Dragão e Esmeraldino ficam no 0 a 0 no Antônio AciollyDragão e Esmeraldino ficam no 0 a 0 no Antônio Aciolly (Foto: Rosiron Rodrigues /Goiás EC)

MUITA VONTADE, POUCA PONTARIA

O clássico começou quente em Goiânia, os dois times partiram para o ataque logo no início da partida. Com dois minutos de jogo já tinha uma finalização para cada time. O jogo seguiu pegado, tanto o Atlético quanto o Goiás trocavam passes e arriscaram um ou outro chute, mas sem perigo.

O que sobrava na vontade, faltava na pontaria, únicos lances de perigo foram 46 minutos, todos pelo lado do Dragão. Primeiro com Airton que partiu pela direita, puxou para o meio e arriscou. Obrigando o goleiro Tadeu a fazer grande defesa. No rebote, Wellington Rato tentou de cabeça, mas mandou para fora.

A segunda foi aos 48 minutos. Marlon Freitas cruzou na área e Luiz Fernando emendou um belo voleio, passando perto da meta Esmeraldina.

TIMES MAIS SOLTOS

O segundo tempo seguiu no ritmo do primeiro, com muita vontade e pouca pontaria. Os donos da casa eram que chegavam com perigo e rondavam à área adversária. Enquanto os visitantes seguiam fechados e apostavam no contra-ataque para matar a partida. Com o passar do tempo, os times resolveram arriscar mais. O Dragão mais solto no jogo chegou com Léo Pereira, aos 30 minutos em chute cruzado defendido por Tadeu.

Depois foi a vez do Goiás chegar com perigo, primeiro na bola parada com Elvis, aos 34. O meia cobrou uma falta na entrada da área, obrigando o goleiro Ronaldo espalmar. Novamente Elvis, desta vez aos 37, arriscou um chute cruzado, para grande defesa de Ronaldo com os pés.

Já nos acréscimos o Atlético-GO ensaiou uma blitz, aos 50 minutos, Shaylon finalizou de fora da área e Tadeu espalmou. Na sobra Jorginho levantou na área e no bate rebate, ninguém do Dragão aproveitou para finalizar e a zaga do Goiás afastou. Foi a deixa que o juiz terminasse a partida.

PRÓXIMO JOGO

O jogo de volta das oitavas acontece no dia 13 de julho, no mesmo horário, às 19h00, mas desta vez com mando do Goiás, no Estádio da Serrinha, em Goiânia. Antes os times tem compromissos pelo Brasileirão. O Dragão enfrenta o Ceará, em Fortaleza e o Goiás encara o Cuiabá, dentro de casa. Os dois jogos serão domingo (26), às 18h00.

FICHA TÉCNICA

Atlético-GO Atlético-GO 0 0 Goiás Goiás Fase Fase: Oitavas de Final Fase Rodada: 1ª rodada Fase Data: 22/06/2022 Fase Hora: 7:00 pm Fase Arbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP) Fase Assistentes: Neuza Ines Back (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP) Fase Estádio: Antônio Accioly Fase Público: 10.645 pagantes Fase Endereço: Goiânia (GO) Fase Renda: R$ 164.920,00 Fase Cartões Amarelos: Atlético-GO: Edson Fernando, Hayner, Baralhas e Marlon Freitas Goiás: Dadá Belmonte, Matheus Sales e Vinicius Atlético Clube Goianiense Atlético-GO

Ronaldo; Hayner, Ramon Menezes, Edson e Jefferson(Arthur Henrique); Baralhas, Marlon Freitas e Jorginho; Airton, Wellington Rato (Léo Pereira) e Luiz Fernando (Shaylon)

Técnico: Jorginho Goiás Esporte Clube Goiás

Tadeu; Da Silva (Yan Souto), Reynaldo e Caetano; Maguinho (Caio), Matheus Sales (Luan Dias), Diego, Elvis (Fellipe Bastos), Vinicius e Dadá Belmonte (Juan Pablo); Pedro Raul

Técnico: Jair Ventura

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.