Fale Conosco pelo MSN ou Skype

 20 DE JULHO DE 2018

Email
HOME
QUEM SOMOS
Capacitação
Consultoria
PESQUISAS
NOTÍCIAS
Editorial
Destaques
Artigos / Entrevistas
Logística
Trânsito
Multimodalidade
Empresas
Comex - Mundo
Economia
Mercosul / Cone Sul
Tecnologia
Política
Legislação
Eventos e Cursos
Agência Intelog
ASSINE GRÁTIS
TODAS EDIÇÕES
INTELOG WIDGET
INTELOG TICKER
RSS
Entre em Contato
Tornar página inicial
Adicionar aos favoritos
Mapa do Portal
Recomendar
Imprimir esta página
Translate This Page

  Tempo



 

  Ferramentas

Calcule o tempo e as rotas para sua viagem
Show My Street - Passeio virtual pelas ruas do mundo
Flightradar 24 - Tráfego Aéreo em Tempo Real
Dados e Informações de Todos os Países do Mundo - IBGE
Veja a hora em tempo real no mundo todo - TimeTicker.com
Leia jornais de todo o planeta - Newseum.org

  19/07/2018   Logística reversa: a importância da conscientização - Desde 2010, está vigente no Brasil a Lei 12.305, de logística reversa, que faz part...     19/07/2018   Por que os rótulos dos alimentos vão mudar? - O Brasil foi um dos pioneiros em adotar rótulos nas embalagens contendo a tabela nutriciona...     19/07/2018   Lei Seca: a quem beneficia? - Uma década após a promulgação da Lei N° 11.705/08, mais conhecida como Lei Seca, que impõe punições duras p...     19/07/2018   Porto do Rio celebra 108 anos - Inaugurado em 20 de julho de 1910, o Porto do Rio de Janeiro faz parte da história da cidade maravilhosa,...     19/07/2018   Renovações das concessões ferroviárias: O ato administrativo e as oportunidades abertas - O final da fase de grupos alimentara nossas esp...     19/07/2018   Avaré - Pare e Siga na Ponte Carvalho Pinto (SP 255) - A CCR SPVias, empresa fiscalizada pela ARTESP (Agência de Transportes do Estado de...     19/07/2018   Rota das Bandeiras repassa mais de R$ 20 milhões a 18 municípios no primeiro semestre de 2017 - Valor é referente ao imposto arrecadado n...     19/07/2018   RGE reforça rede elétrica em Pinhal Alto, interior de Nova Petrópolis - Município recebeu R$ 884 mil em obras nos três primeiros meses de...     19/07/2018   Workshop para mitigação de impactos à fauna reúne especialistas e estudantes em Bauru - Encontro contou com o apoio da Entrevias e discut...     19/07/2018   CART apresenta resultados na proteção da fauna - Redução de 72% nas ocorrências foi destacada no 1º workshop sobre o tema no Centro-Oeste...  
Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Clique para ampliar

11/07/2018

Unidade da GE Aviation no Brasil faz primeira impressão 3D de nylon com fibra de carbono no país

Tecnologia

Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Nota

10

1 votos

Nova tecnologia permitirá ganhos de produtividade, de qualidade e economia anual pode chegar a R$ 1 milhão

 

Rio de Janeiro, 11 de julho de 2018 – A GE Celma, unidade da GE Aviation no Brasil, localizada em Petrópolis (RJ), deu mais um importante passo para o futuro da aviação. Neste mês, iniciou o processo de impressão 3D de nylon reforçado com fibra de carbono para ajudar em diferentes etapas do processo de revisão e manutenção de peças e motores aeronáuticos. Esta nova tecnologia vai permitir a criação de protótipos funcionais, ferramentas e gabaritos com ainda mais qualidade, resistência e leveza. Além disso, todo o processo será mais ágil, com a otimização de fluxos, e a operação cada vez mais personalizada. Sem contar na economia de materiais e na redução dos custos dos processos, o que poderá gerar uma economia de cerca de R$ 1 milhão por ano. 

 

Presente na GE Celma desde 2015, a manufatura aditiva é utilizada para a produção de dispositivos para mascaramento, jateamento, pintura, aplicação de lubrificantes, gabaritos e ferramental de geometria complexa. A nova impressão de nylon 12CF FDM – um termoplástico com fibras de carbono forte o suficiente para substituir componentes metálicos – possibilitará também a impressão de peças com alta resistência térmica e química. “Até o ano passado, utilizávamos o termoplástico ABS como matéria-prima e a aplicação era limitada devido as propriedades do material. Com a aquisição do novo equipamento, ampliamos as oportunidades de uso, uma vez que o nylon reforçado com fibra de carbono possui excelentes propriedades térmicas, químicas e mecânicas”, explica Rodolpho Pereira, engenheiro de reparos e líder de manufatura aditiva da GE na América Latina.

 

Para se ter uma ideia do cenário da manufatura aditiva na GE Celma, no modo tradicional – sem o uso de uma impressora 3D, o processo envolvendo o desenho e a construção de uma ferramenta leva cerca de 60 dias. Com a manufatura aditiva, é possível reduzir este intervalo para poucos dias. Somente em 2016, a GE Celma gastou cerca de 51 mil horas em processos de mascaramento para atividades de jateamento, plasma e aplicação de lubrificantes. Com a nova tecnologia, a tendência é que esse tempo seja reduzido pela metade.

 

Para Julio Talon, presidente da GE Celma, além de trazer mais qualidade e produtividade ao negócio, a manufatura aditiva agrega um fator importante para a produção: a versatilidade. “A impressão 3D abre um enorme leque de possibilidades de inovação, o que é essencial para o desenvolvimento de soluções para os nossos clientes. Estima-se que a aplicação desta tecnologia aumente de forma significativa nos próximos cinco anos”, complementa.

 

Como inovação e inteligência colaborativa andam juntas, o centro de manufatura aditiva da GE Celma foi instalado em uma área de comum acesso a todos os funcionários. “Recebemos até três novas ideias por semana e isto é fundamental para aperfeiçoarmos juntos os processos. E, agora, com o nylon com fibra de carbono, que atenderá mais produtos, a tendência é aumentar ainda mais os insights e o envolvimento de todas as áreas da empresa, dando autonomia e incentivando as ideias de todos”, comemora Rodolpho Pereira. A GE, hoje referência mundial em manufatura aditiva, acredita que o futuro demanda categoricamente estes atributos – novas ideias e tecnologias.  Afinal, se dá para imaginar, dá para fazer.

 

 

Sobre a GE Celma

 

A GE Celma é uma das principais unidades de revisão e manutenção de motores aeronáutico da GE Aviation no mundo. Localizada em Petrópolis (RJ), superou US$ 2 bilhões de faturamento em 2017 e ganhou destaque de exportação no Brasil. A unidade Celma completou 66 anos em 2017, tendo realizado cerca de 9 mil shop visits. Com mais de 30 clientes em todo mundo, chega a ter 95% do seu faturamento vindo de clientes externos, como a Southwest, FedEx e Latam. Atualmente, conta com aproximadamente 1.600 funcionários diretos e 500 indiretos, sendo a maior parte deles residente próximo à fábrica – fazendo com que a GE Celma tenha forte influência na economia do município de Petrópolis.

 

Por jeffreygroup.com

 

Qual a sua avaliação?

0 Comentários - Faça o seu comentário

Voltar

Compartilhar

Clique para ampliar

Leia Também

Jani-King implanta QR Code para aferir satisfação do cliente

Logística se moderniza para potencializar resultados

Cinco sinais de que o futuro da autenticação chegou

Continental lança banda de rodagem ContiTread Hybrid HD3

Comp Line investe R$1 milhão em aplicativo de gestão de documentos

Logística reversa: a importância da conscientização

Por que os rótulos dos alimentos vão mudar?

Lei Seca: a quem beneficia?

Porto do Rio celebra 108 anos

Renovações das concessões ferroviárias: O ato administrativo e as oportunidades abertas

Mais...

 

Este site possui suporte ao formato RSS



Notícias em Tempo Real

   

Google
Pesquisa personalizada

       

 Powered by CIS Manager - Desenvolvido por Construtiva

Intelog - Inteligência em Gestão Logística