Fale Conosco pelo MSN ou Skype

 20 DE MAIO DE 2018

Email
HOME
QUEM SOMOS
Capacitação
Consultoria
PESQUISAS
NOTÍCIAS
Editorial
Destaques
Artigos / Entrevistas
Logística
Trânsito
Multimodalidade
Empresas
Comex - Mundo
Economia
Mercosul / Cone Sul
Tecnologia
Política
Legislação
Eventos e Cursos
Agência Intelog
ASSINE GRÁTIS
TODAS EDIÇÕES
INTELOG WIDGET
INTELOG TICKER
RSS
Entre em Contato
Tornar página inicial
Adicionar aos favoritos
Mapa do Portal
Recomendar
Imprimir esta página
Translate This Page

  Tempo



 

  Ferramentas

Calcule o tempo e as rotas para sua viagem
Show My Street - Passeio virtual pelas ruas do mundo
Flightradar 24 - Tráfego Aéreo em Tempo Real
Dados e Informações de Todos os Países do Mundo - IBGE
Veja a hora em tempo real no mundo todo - TimeTicker.com
Leia jornais de todo o planeta - Newseum.org

  20/05/2018   Excelência operacional da frota paulistana - E a essencial contribuição com a melhoria da qualidade ambiental.     20/05/2018   Maio Amarelo: como o Japão reduziu 80% das mortes no trânsito - O país asiático já teve um índice de mortes no trânsito muito parecido co...     20/05/2018   Um novo marco para o transporte de carga no Brasil - O Brasil passou por significativas transformações em várias esferas nas últimas déca...     20/05/2018   Combustível preocupa, diz Moreira Franco - O governo está preocupado com a alta da gasolina e vem conversando com a Petrobras para tentar...     20/05/2018   SEM RESPOSTA PARA A BR-116 - Já faz um mês que parlamentares da bancada gaúcha de partidos aliados ao governo decidiram encaminhar pedido...     20/05/2018   Demandas em aberto - A demanda inclui rodovias como: RS-115 (Taquara-Três Coroas), RS-287 (Tabaí-Paraíso do Sul) e RS-122 (Flores da Cunh...     20/05/2018   PRAÇAS E CONDIÇÕES DAS VIAS - Cinco anos depois da criação da EGR, a avaliação das estradas onde se localizam os postos de pedágio, confo...     20/05/2018   A EGR - -Começou assumindo, no início de 2013, três praças comunitárias do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer).     20/05/2018   Principais trabalhos concluídos - Construção de viaduto e duplicação de 4,2 quilômetros no trevo da cidade, na RS-287, começou em 2015 e ...     20/05/2018   CINCO ANOS ENTRE ESCASSEZ DE OBRAS E PEDÁGIO BARATO - EMPRESA GAÚCHA DE RODOVIAS, em operação desde 2013, cortou gasto dos usuários das e...  
Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Clique para ampliar

12/01/2018

Número maior de meganavios gera problema para transportadoras

Multimodalidade

Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Nota

8

1 votos

As empresas de transporte marítimo de contêineres se preparam para um ano desafiador — terão mais espaço disponível para transportar mercadorias do que carga.

 
Corrine Png, CEO da firma de pesquisa Crucial Perspective, estima que a capacidade de transporte de mercadorias em navios de contêineres aumentará 5,9 por cento neste ano, superando o crescimento da demanda pela primeira vez desde 2015.
 
Isto ocorre, em grande parte, porque mais de 40 enormes navios de contêineres encomendados há pelo menos dois anos estão prontos para serem entregues para serviço, criando uma abundância de capacidade em navios. Como parte do espaço deverá permanecer vazio, as linhas de contêineres podem ser forçadas a cobrar taxas mais baixas para o transporte de mercadorias justamente no momento em que tentam superar anos de prejuízos acumulados devido ao declínio do setor, que provocou o colapso de pelo menos uma empresa.
 
Mais de 90 por cento do comércio global é transportado por via marítima. A seguir, mostramos o que há no caminho das empresas de transporte marítimo.
 
1. Mais espaço para transportar bens. Com mais navios de grande porte entregues e colocados em operação em 2018, a capacidade de transporte de carga dos navios deverá ter a maior expansão em três anos.
2. Podem chegar mais navios e ainda mais capacidade. Algumas linhas de contêineres podem aproveitar os preços atualmente baixos da construção naval para encomendar mais embarcações, diz Png. Como a história já mostrou, as tarifas de frete marítimo tendem a ser espremidas com a expansão das encomendas de navios devido à preocupação de que haverá excesso de espaço.
 
3. Compradores asiáticos e europeus são os que mais gastam. As empresas precisam levantar um total combinado de US$ 144 bilhões para receber entregas de todos os navios deste ano. Desse total, 73 por cento virão de compradores da Ásia e da Europa.
 
4. Navios maiores estarão em demanda. Os navios de contêineres deverão somar 98 das encomendas deste ano de todos os tipos de embarcação e 120 no ano que vem. No geral, o número de navios encomendados aumentará 54 por cento, para 662 neste ano e 820 em 2019, disse Park Moo-hyun, analista da Hana Financial Investment em Seul.
 
5. A maioria são navios petroleiros e de granel seco. Os navios petroleiros e graneleiros representam mais de 60 por cento do total de entregas programadas para este ano e os navios de contêineres respondem por 19 por cento. Park, da Hana Financial, prevê um “aumento constante” da demanda por grandes navios de contêineres capazes de transportar mais de 15.000 cofres de carga.

 

Por Portos e Navios

 

Qual a sua avaliação?

0 Comentários - Faça o seu comentário

Voltar

Compartilhar

Clique para ampliar

Leia Também

Infraero reduz 65% dos custos com novo modelo de logística de cargas

Aeroporto de Uberlândia vai ganhar complexo logístico

Aeroporto de Goiânia recebe aeronave da Azul com aumento de demanda

PARA DAR PASSAGEM ÀS HIDROVIAS NO RS

Infraero adotará autodespacho de bagagens em sete aeroportos

Excelência operacional da frota paulistana

Maio Amarelo: como o Japão reduziu 80% das mortes no trânsito

Um novo marco para o transporte de carga no Brasil

Combustível preocupa, diz Moreira Franco

SEM RESPOSTA PARA A BR-116

Mais...

 

Este site possui suporte ao formato RSS



Notícias em Tempo Real

   

Google
Pesquisa personalizada

       

 Powered by CIS Manager - Desenvolvido por Construtiva

Intelog - Inteligência em Gestão Logística