Fale Conosco pelo MSN ou Skype

 25 DE NOVEMBRO DE 2017

Email
HOME
QUEM SOMOS
Capacitação
Consultoria
PESQUISAS
NOTÍCIAS
Editorial
Destaques
Artigos / Entrevistas
Logística
Trânsito
Multimodalidade
Empresas
Comex - Mundo
Economia
Mercosul / Cone Sul
Tecnologia
Política
Legislação
Eventos e Cursos
Agência Intelog
ASSINE GRÁTIS
TODAS EDIÇÕES
INTELOG WIDGET
INTELOG TICKER
RSS
Entre em Contato
Tornar página inicial
Adicionar aos favoritos
Mapa do Portal
Recomendar
Imprimir esta página
Translate This Page

  Tempo



 

  Ferramentas

Calcule o tempo e as rotas para sua viagem
Show My Street - Passeio virtual pelas ruas do mundo
Flightradar 24 - Tráfego Aéreo em Tempo Real
Dados e Informações de Todos os Países do Mundo - IBGE
Veja a hora em tempo real no mundo todo - TimeTicker.com
Leia jornais de todo o planeta - Newseum.org

  24/11/2017   Rodovias do Tietê fará ação “Ouvidoria Itinerante” - Salto, 23 de novembro de 2017- A Concessionária através do setor de Ouvidoria realiz...     24/11/2017   Metrô reabre as portas nesta quinta-feira - A greve não acabou, mas, mesmo assim, a rotina dos usuários do metrô deve ser parcialmente no...     24/11/2017   Governo adia inauguração de 6 novas estações da Linha Lilás do Metrô para 2018 - O governo do Estado adiou novamente a inauguração de sei...     24/11/2017   Flexa Ribeiro pede investimentos em transporte ferroviário no Pará - O senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) chamou atenção nesta quarta-feira ...     24/11/2017   Setor privado e BNDES costuram retomada do setor ferroviário no Fórum Ferrovias amanhã em Nova Mutum (MT) - O Fórum Ferrovias e a Integra...     24/11/2017   Rumo rebate críticas - Procurada pelo Valor, a Rumo rebateu, em comunicado, as críticas que recebeu da Ferroeste: "Desde a fusão com a AL...     24/11/2017   PR e MS querem pôr os grãos nos trilhos - Cansados de ficar à mercê da Rumo, concessionária que opera cerca de 13 mil quilômetros de malh...     24/11/2017   Leilão do trecho Norte do Rodoanel entra na mira da CCR - Depois de ficar de fora dos últimos leilões de rodovias em São Paulo, a CCR pre...     24/11/2017   CCR analisa novos negócios em mobilidade no Brasil e no exterior - A CCR estuda novas oportunidades de licitação em mobilidade urbana no ...     24/11/2017   Homens e robôs aumentam eficiência das cabines Volvo - Robotizada e com alto grau de confiabilidade, a linha de produção de cabines da Vo...  
Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Clique para ampliar

18/05/2017

Com parceria do Paraná, Reinaldo aposta que ferrovia pode virar realidade

Multimodalidade

Translate to EnglishTraducir al EspañolÜbersetzung der Deutschen意大利語翻譯Traduit en FrançaisTraduci in Italiano

Nota

?

0 votos

Que a volta da ferrovia seria importante para Mato Grosso do Sul ninguém duvida, mas que isso possa um dia acontecer é uma outra história. Este certamente deve ser o sentimento de todo sul-mato-grossense em torno de uma questão que já se arrasta há várias anos, sempre envolto em promessas e projetos que nunca são realizados.

Nesta quarta-feira, o governador Reinaldo Azambuja e o secretário estadual de Infraestrutura, Marcelo Miglioli, se reuniram com o secretário de Obras e Logística do Paraná, José Richa Filho e o presidente da Ferroeste, João Vicente Bresolin, para discutir sobre a ligação ferroviária entre o Porto de Paranaguá (PR) e o município de Dourados (MS) pela Ferroeste (Ferro Paraná Oeste).

“A proposta do Paraná é que façamos um PMI (Procedimento de Manifestação de Interesse) para que seja viabilizada a rota completa da ferrovia entre Dourados, Cascavel, Guarapuava e Paranaguá”, disse o governador Reinaldo Azambuja.

Com concessão para explorar o trecho, a Ferroeste é de economia mista e tem o Governo do Paraná como seu maior acionista. Na prática, a ferrovia atende Cascavel e Guarapuava e a proposta do Procedimento de Manifestação de Interesse tem o objetivo de ampliar a malha, e assim a ferrovia passaria a fazer a rota completa da concessão, ou seja, do Porto de Paranaguá a Dourados.

O secretário de Obras do Paraná, José Richa, revelou que já faz alguns anos que seu estado discute com o Governo de Mato Grosso do Sul a possibilidade de estender a Ferroeste.

“São dois estados com produção forte em termos de Brasil e sabemos do potencial da região de Dourados, principalmente na divisa com o Paraná. Hoje chegamos num modelo que eu acredito que será interessante para potenciais investidores, mas nada melhor do que lançar a PMI para ficar claro que será economicamente viável. Estou muito confiante”, disse ele.

O tema discutido hoje estará na pauta do Encontro Internacional Sobre Gás Natural, previsto para acontecer na próxima segunda-feira, 22, em Santa Catarina, com a presença do governador Reinaldo Azambuja.

“Essa ferrovia já foi muito discutida no passado, mas agora, com essa modelagem, trazendo a iniciativa privada, com o aval da ANTT (Agência Nacional de Transporte Terrestre) e dois governos somando esforços, acredito que vamos viabilizar o projeto e transformá-lo em realidade”, comentou o governador.

Fonte: Campo Grande News

 

Por Campo Grande News

 

Qual a sua avaliação?

0 Comentários - Faça o seu comentário

Voltar

Compartilhar

Clique para ampliar

Leia Também

Metrô reabre as portas nesta quinta-feira

Governo adia inauguração de 6 novas estações da Linha Lilás do Metrô para 2018

Flexa Ribeiro pede investimentos em transporte ferroviário no Pará

Setor privado e BNDES costuram retomada do setor ferroviário no Fórum Ferrovias amanhã em Nova Mutum (MT)

Rumo rebate críticas

Rodovias do Tietê fará ação “Ouvidoria Itinerante”

Leilão do trecho Norte do Rodoanel entra na mira da CCR

CCR analisa novos negócios em mobilidade no Brasil e no exterior

Homens e robôs aumentam eficiência das cabines Volvo

Implementos podem gerar US$ 4 milhões em exportações

Mais...

 

Este site possui suporte ao formato RSS



Notícias em Tempo Real

   

Google
Pesquisa personalizada

       

 Powered by CIS Manager - Desenvolvido por Construtiva

Intelog - Inteligência em Gestão Logística